Avançar para o conteúdo principal

Mais um frasco (bem!) aproveitado!

Ora bem...

Que a necessidade aguça o nosso engenho, já nós sabemos.

Do saber ao fazer, foram alguns passinhos, mas pus pés ao caminho e lá fiz mais um aproveitamento de um frasco de vidro.

Com passo a passo e tudo, que gosto muito de vocês...

 

Ora então aqui está o frasquito:


Não quero mentir, mas acho que era daqueles de grão cozido, que para o que eu queria fazer estava óptimo.

Peguei numas lãs perdidas lá por casa e crochetei uma rodelinha com o mesmo diâmetro da base do frasco.

Em seguida, parei de diminuir o número de malhas e fui subindo, subindo, subindo, até que tinha feito uma espécie de meia para colocar o frasco dentro:

 


(Pormenor da malha)

Em chegando ao topo do frasco, optei por não diminuir malhas para seguir o formato do frasco, para poder retirar esta "meia" sempre que queira, seja para a lavar, seja para mudar de "vestido" ao frasco, por isso optei por passar uma fitinha de organza pelas malhas abertas:

 


É claro que a tampa também teve direito a "chapéu":
E a grande finalidade do frasco vestido de gala?

Guardar as agulhas de croché que teimam em andar semeadas aos quatro ventos...

 


Espero que gostem, eu adorei.

Mensagens populares deste blogue

O chamamento da cor!

Mas sem verde!
Não que eu tenha algo contra o verde, muito pelo contrário, como aliás se pode ver em postos anteriores.
Desta vez apeteceu-me fazer algo em rosetas.
Decidi-me por esta, que encontrei no blog da Vânia Dias.


http://photos1.blogger.com/blogger/598/3371/1600/amostra%20do%20quadrado.jpg

A linha que escolhi usar para este trabalho, foi o algodão Selva, na cor 300, n°6.

Cada roseta tem aproximadamente 14 cm de lado, pelo que me parece que não vou tem possibilidade de me aborrecer com montanhas de rosetas sempre iguais. Ainda não me decidi se vou fazer uma toalha ou um caminho de mesa. Para já, tenho 3 rosetas de largura, que dá cerca de 42 cm, e de comprimento já vou em 4 rosetas. Aqui um cheirinho:

Estava aqui a pensar em juntar umas rosetas em branco,  o mesmo modelo, assim em jeito de cercadura, e depois rematar com a cor salmão.
Ainda é algo a pensar...
Mas aceito ideias!

Mais inspirações…

Ando na senda de ideias novas, coisas, construções e inovar o que tenho ou pretendo ter. Naveguei pela net, numa daquelas buscas em que vegetamos em frente do ecrã e fui encontrando estas ideias.Coroa de sacos de chá – Por acaso (mas só por acaso!), tenho ali guardados uma série de saquinhos de chá (a parte exterior). Ora se eu decorar umas molas da roupa de madeira, há-de conseguir ficar parecido com isto.Organização das bijuterias – Por acaso já utilizo alguns cabides e uma moldura. Mas olhando para esta foto fico com outra perspectiva da coisa…Crochet – Olhem que gosto bastante deste… lenço/gorro. Decoração – Desde ideias para o Natal (como estas decorações de árvore, feitas com carrinhos de linhas), até àquelas sensacionais silhuetas de animais que estão a aparecer por entre os livros. Adorei todas!

Naperons para a cozinha

Ora cá estou de novo! Tendo andado a matutar nos naperons "arrojados" para a cozinha, debrucei-me sobre as pastas no computador e, meio indecisa, bati o olho neste esquema, do qual já tinha recebido alguns squares para a manta da amizade:

Vai daí, peguei nas linhas e dei início aos mesmos.O primeiro já está assim:
Aqui nas fotos estava a meio. Neste momento já está terminado e comecei a estudar o que fazer na barra exterior.Até aqui, o que acham? Aprovado? :D